Happy birthday! Os 4 anos do nosso Studio

ANEDOTAS DE ESCRITÓRIO PARTE 1

 

Hoje, um artigo especial para um mês especial. Um mês de abril rico em emoção. Sim, faz 4 anos que o Studio Gepetta abriu suas portas para embarcar em uma aventura fora do comum que está apenas começando. Nada mais normal que a vontade de compartilhar com vocês um pouco da nossa história pois o Studio Gepetta é, acima de tudo, uma equipe que se esforça todos os dias para tornar esta grande aventura ainda mais deslumbrante. Dentre crises de riso, imaginação e momentos apaixonantes, cada um dos membros da dream team vai compartilhar aqui nesse artigo seu cotidiano no Studio Gepetta através de uma história incomum que dá à nossa start-up esse tom e essa atmosfera tão singular. Bem-vindos ao coração deste antro de criatividade para celebrar um aniversário como nenhum outro!

Chloé

O Studio Gepetta também é o intercâmbio e compartilhamento de culturas. Um multiculturalismo que é verdadeiramente a sua força, mas que pode revelar-se mais “arriscado” em determinadas situações. Quando cheguei ao estúdio, meu sotaque francês não passou despercebido por ninguém. No meu primeiro dia, ele causou um GRANDE mal-entendido! Aquele tipo de situação que faz você ficar da cor de um tomate em fração de segundos sob os olhares desconcertados dos observadores. Tudo começou com uma simples pergunta simples sobre a composição de um café da manhã tradicional francês. A má pronúncia de uma palavra bastante comum causou rebuliço nesta conversa trash, talvez até muito trash. De fato, a famosa baguete francesa tem um significado muito diferente e toma um rumo diferente no Brasil, aprendi a duras penas… O gelo foi quebrado, meu “frantuguês” não me ajudou!

 

Dóris

Uma anedota de escritório que certamente causou uma risada. Alguns de nossos colaboradores improvisam piadas desastradamente, em detrimento de Dóris, nossa indiscutível amante de sorvete! Ela é a presa favorita de Rafael, nosso comercial com 1000 facetas conhecido por suas piadas, que podem, no entanto, tornar-se desastrosas, ou quase! Como aquele dia em que Rafael achava que ia divertir Dóris, sabiamente aplicada ao trabalho, jogando-lhe um copo de água (que ele achava estar vazio) na cara. Nossa tradutora, com os óculos enevoados, tomou “um banho” sob o olhar perdido do nosso piadista em série que não esperava essa reviravolta de acontecimentos. Isso é o que nós chamamos de copo meio vazio, ou, para Doris, copo cheio!

 

Gabriel

Dizem que o mundo é pequeno, Gabriel certamente é a prova disso. Nosso administrativo-financeiro sentiu um gostinho do Studio antes de sua chegada. Enquanto dirigia, ele foi parado pelo som de uma buzina. No carro ao lado, rostos familiares, todos eles vindos de diferentes encontros. Os quatro parceiros que ele conhecia tão bem individualmente não deveriam se conhecer entre si. A bordo do carro, Rafael, o piadista em série, Milton, nosso elemento criativo, Bruno, nosso rockstar favorito e, finalmente, Júlio, o brincalhão do Gepetta. Qual foi sua surpresa ao encontrar essa galerinha junta enquanto não havia nenhum elo entre eles até onde ele soubesse. Durante sua entrevista de recrutamento, sua surpresa foi ainda maior quando ele descobriu que todos faziam parte do Studio. Uma cena surrealista que ressoou como uma viagem ao futuro. O mundo é realmente pequeno!

Continua…